quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Cyberbullying - Bullying na Internet

Continuando nossa conversa sobre Bullying virtual, encontramos um artigo na Revista Nova Escola (nº 260 - ISSN 0103-0116) de autoria de Fernanda Salla, e resolvemos reproduzir uma parte.

O que fazer contra o cyberbullying

O início do artigo já retrata bem o que temos vivenciado: "A agressão é virtual, mas as consequências são reais e impactam a atitude do aluno em sala". Percebemos que nesses últimos anos, atrelado a outros fatores, os alunos têm demonstrado variação no comportamento e no relacionamento com o outro.

Em resumo, a descrição de Bullying na internet se estrutura em quatro etapas, se assim podemos dizer:
IDEIA - Alguém resolve falar mal de outra pessoa, criar um apelido chato para ela, tirar sarro, divulgar alguma coisa que a deixe com vergonha ou inventar uma mentira que a magoe.
DIVULGAÇÃO - Por maldade, quem teve a ideia a compartilha em sites ou nas redes sociais e às vezes também avisa os amigos por celular.
REPERCUSSÃO - As pessoas leem o que foi divulgado e começam a curtir, comentar e passar adiante. Mesmo que se arrependa, quem começou  não consegue mais controlar a informação.
CONSEQUÊNCIAS - A vítima da fofoca recebe mensagens em que falam mal dela, vê o que estão comentando e se sente humilhada. Em muitos casos, fica deprimida e com vergonha de pedir ajuda.

O artigo é bem interessante e necessário para uma conversa mais próxima com os alunos; traz as características do cyberbullying, como prevenir, como identificar os sinais e como intervir caso necessário.


Algumas dicas a respeito!!!

* Não agrida outras pessoas verbalmente ou por meio de imagens e não dissemine mensagens ofensivas.
* Antes de falar algo sobre alguém, reflita: gostaria que fizessem isso com você? Trate os outros sempre com respeito.
* Compartilhe apenas o que for de interesse público. Informações privadas não devem ser passadas adiante.
* Envie textos e fotos apenas para amigos em quem confia e deixe claro que não quer que o material seja divulgado.
* Crimes online também são punidos. Quem os comete - ou seus responsáveis - pode ter de pagar multas e até ser preso.

* Grave os e-mails e mensagens ofensivas que recebeu. Eles podem servir de prova quando precisar mostrar para alguém.
* Não sofra em silêncio. Busque ajuda de um adulto confiável. Ele poderá orientar você sobre como fazer uma denúncia.
* Bloqueie no computador e no celular as mensagens das pessoas que estão te maltratando.
* Fique calmo e não responda às mensagens ofensivas. Manter a comunicação só vai aumentar a repercussão.
* Sempre que possível, evite contato com quem agrediu você. Busque ficar próximo de quem é seu amigo.

Share This Article Facebook +Google Twitter Digg Reddit

-
Obrigado por participar!